19
ago
08

Massagem terapia dos deuses

Oi hoje vou falar sobre massagem, ahhhhhh como é bom ser massageado depois de um dia de trabalho, uma viagem ou mesmo simplesmente pelo prazer viver essa experiência.

Infelizmente a massagem passou por muitos anos tendo sua imagem deturpada, muitas vezes associada exclusivamente a “casa de massagens”ou “casas de tolerância”ou prostibulos o que demonstra vários equivocos, para tentar mimimizar essas distorções vou falaum pouco da história da massagem, como é um assunto amplo vou dividir em 3 posts .

PARTE 1 O PODER DO TOQUE

O tato é o primeiro sentido que se desenvolve e permanece ativo mesmo depois que a visão e a audição começam a desaparecer. Bebês e crianças dependem do tato para aprender sobre o mundo. No contato com a boca, aprendem sobre temperatura e textura, por exemplo. É pelo tato que as crianças passam a refletir sobre higiene e até sobrevivência. Quem nunca foi queimado num ferro de passar roupa ou nunca levou um choque elétrico? Pelos mesmos motivos, o toque é importante para os adultos. Você conseguiria imaginar um mundo regido por computadores em que não houvesse toque? Dá para pensar em um cirurgião ou em um artista plástico que não sentisse seus instrumentos de trabalho?

Fundamental no crescimento, desenvolvimento, comunicação e aprendizado do ser humano, o toque também é essencial para o conforto e a auto-estima. O primeiro estímulo sensorial da vida humana vem da sensação de toque quando ainda estamos no útero. A primeira ligação emocional de uma criança é construída a partir do contato físico com os pais – base de seu futuro desenvolvimento emocional e intelectual. Na fase adulta, temos em média 1,67 metro quadrado de pele, um órgão sensitivo em constante alerta para receber mensagens. “Pele é o que nos dá a noção de interior e exterior nas nossas vidas”, diz o psquiatra Geraldo Massaro. “A permissão ao toque vai depender da segurança que o indivíduo tiver sobre si mesmo e das condições que o meio externo dá a ele para que se sinta seguro.”

Há ainda muitas questões abertas no que diz respeito ao estímulo tátil no desenvolvimento das pessoas. Uma delas é se aquelas pessoas que receberam mais contato físico no começo da vida apresentam menos senilidade na velhice. Também não se sabe se os efeitos da privação do toque podem ser revertidos mais tarde. Mas sabe-se, com certeza, que a privação deixa seqüelas graves.

A maioria dos pesquisadores concorda num ponto: um simples toque humano é um meio eficiente e barato de melhorar a sua qualidade de vida.

Onde saber mais

Touch Tiffany Field, MIT Press, 2001
http://www.superinteressante.com.br/superarquivo/2002/conteudo_260413.shtml

Anúncios

7 Responses to “Massagem terapia dos deuses”


  1. agosto 19, 2008 às 8:40 am

    Querida amiga,

    Passei por aqui e encontrei o seu post sobre o Dorival Caymmi,

    e tomei a liberdade de de o “levar” para publicar hoje no meu blogue.

    Espero que não me leve a mal, certo?

    Claro que indiquei a fonte e a autora.

    Tenha um lindo dia

    Um abraço

    viviana

  2. 2 Claudia
    agosto 19, 2008 às 11:27 pm

    Hoje apresentei uma palestra ”não técnica”apenas para conhecimento,pois amo este assunto e aprendi gostar por causa de minha irmã.kkkk.Claro que usufrí bastante dos poderes da massagem.
    Nossa o pessoal gostou muito e fiquei feliz por falr de um assunto tão agradável.
    Agradeço a você queridinha da minha vida por mais uma ajuda e melhoria em todas as partes de minha vida.
    Mil beijos.

  3. agosto 20, 2008 às 1:35 pm

    Simone, concordo plenamente com você: não há nada mais relaxante do que uma massagem. Meu marido que o diga, pois sempre peço que ele massageie meus pés que sofrem de dores constantes, das quais ainda não descobri a origem, e a técnica me alivia de maneira extraordinária. Terapia milenar que nunca sai de moda, ainda bem. Os orientais sabem das coisas, né! Abraço!

  4. agosto 21, 2008 às 5:24 am

    Cada sentido tem lá suas particularidades, mas o toque é capaz de proporcionar reações impressionantes até por ser por intermédio dele é que estabelecemos, ou efetivamos, intimidade mais intensa com o ser amado e direi com o mundo.
    Cadinho RoCo

  5. agosto 21, 2008 às 4:41 pm

    Si, adoro quando vc fala sobre esse assunto que é a sua cadeira e vc faz uma massagem como ninguém. Palavras do Christian, kakakakka.

    Mas veja só que os lugares onde se oferecem massagem nao é só no Brasil que é deturpado nao. Alguns meses atrás recebemos uma propaganda de massagem Tailandesa a qual vinha escrito que nao se tratava de sexo e sim de massagem.

    Eu sou a favor do toque em qualquer ocasiao. A Vivi quando bebezinha, nao gostava que khe tocasse, rejeitava os nossos beijos. Mas nunca desistimos de fazer carinho nela. Ela parecia um porco espinho quando comecávamos a beijá-la. Hoje em dia é ela quem corre para nós pedindo um beijo e brincando com a gente.

    Ótimo post.

    Beijao querida

  6. agosto 25, 2008 às 10:13 pm

    Adoro uma massagem, quem não gosta? Mas sou meio egoísta neste ponto… adoro receber massagem, mas odeioooo fazer. rs

    Beijocassss e ótima semana.

  7. agosto 27, 2008 às 8:52 pm

    Gostei do post. Uma boa massagem às vezes faz milagres.
    Um abraço


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: