15
jun
08

A arte como caminho

A definição de arte varia de acordo com a sociedade e a época. Ela muda conforme as necessidades de cada civilização.

A arte existe desde que há indícios do ser humano na Terra. Ao longo do tempo, a função da arte tem sido vista como um meio de espelhar nosso mundo , para decorar o dia-a-dia e para explicar e descrever a história e os diversos eus que existem dentro de um só ser , e para ajudar a explorar o mundo e o próprio homem.

Também pode ser definida, mais genericamente, como o campo do conhecimento humano relacionado à criação e crítica de obras que evocam a vivência e interpretação sensorial, emocional e intelectual da vida em todos os seus aspecto.A verdadeira essencia da arte e a do artista poder transformar a realidade de acordo com seus ideais e pensamentos.

Uma das características da arte é a dificuldade que se tem em conferir-lhe utilidade. Muitas vezes esta dificuldade em encontrar utilidade para a arte mascara preconceitos contra a arte e os artistas.

A arte possui a função transcendente, ou seja, manchas de tinta sobre uma tela ou palavras escritas sobre um papel simbolizam estados de consciência humana, abrangendo percepção, emoção e razão (segundo Charles M. Peirce, fundador da semiótica). Essa seria a principal função da arte.Segundo a sistematização de conhecimento artístico e fisiológico sobre o funcionamento do cérebro realizado por Betty Edwards , principalmente a partir de sua obra Desenhando com o lado direito do cérebro, as habilidades artísticas são regidas pelo lado direito do cérebro, e a lógica e outras habilidades ligadas à racionalidade são regidas pelo lado esquerdo. A utilização da arte como ferramenta pedagógica seria uma forma de utilizar os dois lados do cérebro, de forma complementar para um aprendizado mais eficaz.A arte tende a facilitar a compreensão intuitiva, em vez de racional, e normalmente é, conscientemente, criada com esta intenção. As obras de arte são imperceptíveis, escapam de classificação, porque elas podem ser apreciadas por mais de uma interpretação.

Paul McCartney diz que a música é capaz de curar, falou isso observando autista em um hospital, sabe-se que autistas dependendo do grau de autismo não reagem a quase nada e reagiam ao som do violão.

São várias definições sobre arte, como classificá-la, qual sua função etc, eu particularmente não me prendo a nenhuma delas gosto da arte simplismente pela sensação, sentimento, emoção que ela me traz e pronto, tb. não dou muita bola para criticos de arte, seja ele de filme, obras, músicas, porque a rte depende do olhar de quem vê. Então convido vc a praticar alguma arte seja ela pintura, escultura, música, poesia, crônica, dança, artesanato, culinária sei lá, tente invente faça algo diferente e desfrute uma emoção MARAVILHOSA!De comtemplar uma coisa feita por vc.

Aproveite e dê uma olhada na arte do barbatuque que fazem arte de uma maneira extraordinária

www.barbatuques.com.br/oficinas_paraq.htm    lá vai ter agenda e escrito veja o vídeo

APROVEITEM!!!!!!!!!!BJS. Simone

Anúncios

5 Responses to “A arte como caminho”


  1. junho 16, 2008 às 4:58 pm

    Si, concordo com vc em relacao aos criticos.
    Eu tb gosto da arte pela sensação, pelo sentimento, pela emoção que ela me traz e me deixa voar.

    Fui lá ver o link e o video nao abriu. Me envia por email?

    Beijao Georgia

  2. junho 16, 2008 às 5:02 pm

    Si, achei no you tube:

    amei.

    Só vc mesmo para achar essas coisas de arte.

    Beijao

  3. junho 16, 2008 às 7:22 pm

    Simone, minha arte é a música. Já escrevi um post sobre minha relação com ela. Sempre esteve presente na minha vida e na minha família. Amo a música como uma expressão muito mais que artística em suas partituras ou técnicas vocais. Amo-a como uma expressão divina… Seria isto sentir a arte em toda a sua plenitude?
    Abraço!

  4. junho 24, 2008 às 8:19 pm

    Oi, Si!… temos muito em comum, eu também adoro uma arte! Nada como um bom livro, um bom filme ou uma boa exposição para visitar e aprender com os artistas maravilhosos que o mundo tem nos dado. Tenha uma ótima semana!

  5. julho 2, 2008 às 8:22 am

    Oi linda ! A arte é algo fenomenal e está em toda classe social, é nata no ser humano e isto faz dela uma adjetivo de grande valor “artista” cada um de nós tem um pouco disto incrustrado na alma. Muito bem explicado por você. Muito obrigada pela força e mensagem là no Críticas. Tenho flores e groselhas no meu jardim.Aquelas frutinhas vermelhinhas que aparecem numa foto são as groselhas. Beijo grande, Alda


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: